Os óleos de massagem, quando usado de forma certa e nos movimentos corretos, são capazes de diminuir os sintomas uma série de sintomas e assim contribuir para a sensação de bem-estar.

Ora, o corpo humano recebe diariamente uma grande quantidade de estímulos, assim eles acarretam em tensão e contribuem para o surgimento de vários problemas, como ansiedade e estresse, por exemplo.

Com a utilização da massagem, é possível usar as mãos para amassar as regiões do corpo e assim promover muitos benefícios.

Há uma série de técnicas de massagens existentes que podem ser realizadas com o intuito de melhorar a qualidade de vida, entre elas é válido apontar:

Logo, se a massagem em si já conta com vária vantagens, imagina quando aliada aos óleos, não é mesmo?

Muitos não sabem, mas os óleos de massagens naturais apresentam propriedades impressionantes, que ajudam a questão mental e física. Sabendo disso, confira os mais utilizados!

Camomila

A camomila já é bastante conhecida, uma vez que apresenta propriedades calmantes.

Inclusive, é por conta disso que ela é bastante usada em chás para o alívio do estresse e ansiedade. Porém, o óleo também tem uma série de benefícios na massagem.

O óleo de camomila é excelente para o alívio de dores musculares, cólicas menstruais, dores de cabeça e tensão.

A partir do momento que ele é aplicado sob a pele, ainda é possível tratar algumas alergias específicas.

Amêndoas

É muito provável que você já tenha ouvido falar no óleo de amêndoas, pois ele é muito conhecido.

Isso porque, ele se faz presente em uma série de cosméticos, como shampoos, cremes, sabonetes e até condicionadores.

Contudo, você já conhece os benefícios que ele proporciona? Saiba que são vários!

O óleo de amêndoa é muito rico em nutrientes. Assim, ele é uma excelente escolha para as pessoas de pele ressecada, uma vez que hidratada a região, inclusive as mais ásperas e secas, como cotovelos e pés, por exemplo.

Sândalo

O óleo de sândalo é um outro tipo bastante usado na massagem, pois contém propriedades terapêuticas, que contribuem para o bem-estar físico e também mental.

Inclusive, esse é um dos óleos de massagens mais recomendados para aqueles dias de estresse, pois apresenta substâncias que garantem o relaxamento e o bem-estar.

Além disso, ele também tem ação antioxidante, que contribui para a melhor circulação e a diminuição da tensão arterial.

Lavanda

É claro que o óleo de lavanda não poderia ficar de fora dessa lista, pois ele bastante usado na aromaterapia e, é claro, no momento da realização da massagem.

Ele possui propriedades que auxiliam no relaxamento dos músculos e ainda promove o alívio das tensões.

Por esse motivo, ele é uma excelente opção para acabar com o estresse e as dores na musculatura.

Sem contar que o óleo de lavanda ainda pode ser utilizado para aliviar enxaquecas e ajudar na manutenção da saúde do sistema nervoso.

Aloe vera

Também conhecida por conta das suas propriedades nos cabelos, o óleo de aloe vera é excelente para ser aplicado na pele também.

Os minerais e vitaminas presentes nele proporcionam a ação antioxidante, o que contribui para o fortalecimento do sistema imunológico, melhorando a circulação e ajudando até mesmo na desintoxicação do organismo.

Sem contar que o aloe vera ainda contribui para evitar o envelhecimento precoce da pele, hidratando e reduzindo o desenvolvimento de infecções.

Coco

O óleo de coco não é interessante apenas na cozinha, ele também é muito pedido quando se fala em óleos de massagem.

A razão é simples: ele é excelente para o relaxamento e alívio do estresse e ansiedade.

O óleo de coco também é responsável pelo tratamento do cansaço mental e contribui para garantir que a pele fique bonita, jovem e hidratada.

Inclusive, o seu uso pode ser realizado em áreas mais ressecadas, como joelhos, pés e cotovelos.

No ramo da estética, o óleo de coco assume um grande destaque, pois atua na prevenção no envelhecimento precoce e acaba com as linhas de expressão.

Bergamota

O óleo de bergamota já é muito conhecido no mundo da massagem, visto que ele é ótimo quando o assunto é efeito calmante.

Dentre os seus benefícios é possível citar:

  • Alivia os sintomas da depressão;
  • Melhora o humor;
  • Combate determinados vícios.

Eucalipto

O óleo de eucalipto vem sendo muito utilizado também na massagem por renomados massagistas, pois ajuda no relaxamento e contribui até mesmo para a desintoxicação.

Quando se fala nas suas vantagens um dos principais pontos a se salientar é o fortalecimento do sistema imunológico, sendo capaz de aliviar sintomas de resfriado.

Além disso, ao ser aplicado durante a massagem ele traz o alívio de dores, em razão do seu poder anti-inflamatório.

Gerânio

O óleo de gerânio também pode ser utilizado na massagem, já que ele traz vários benefícios importantes, como:

  • Trata dermatite e acne;
  • Melhora edema nas pernas;
  • Combate infecções bacterianas;
  • Faz bem para o estresse, ansiedade e depressão;
  • Auxilia no tratamento de feridas.

Hortelã-pimenta

Para massagens nos pés, um dos óleos de massagem mais recomendado é o de hortelã-pimenta.

Ora, ele é capaz de refrescar, suavizar o mau cheiro dos pés e ainda traz benefícios da massagem nas esferas mentais, aliviando pensamento e emoções impulsivas, por exemplo.

Jasmim

Para finalizar a lista de óleos de massagem está o de jasmin, que também é bastante vantajoso.

Isso porque, o seu uso contribui para o crescimento das células, promovendo o aumento da elasticidade e ajuda na cicatrização e cura de pequenos arranhões.

Sem contar que o seu efeito relaxante ainda diminui os efeitos do estresse.

Portanto, estes são alguns dos óleos de massagens e que são mais usados. Entretanto, eles não devem ser aplicados na pele diretamente, é preciso que sejam combinados com óleos vegetais.

Além disso, é importante certificar-se de que você não possui nenhuma alergia ao componente do produto.

Afinal, peles sensíveis e com problemas dermatológicos precisam de atenção redobrada.

No mais, o uso de óleos de massagem deve ser aplicados com orientação de um profissional terapeuta da área, assim os riscos são minimizados e é possível obter todas as vantagens que cada um deles oferecem.

Gostou? Então Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *